quarta-feira, 8 de março de 2017

Fada Sininho

Sandra, grata pelo desafio...
Fada do Amor
             Fadas com poesia...


Amor Pacífico e Fecundo

Não quero amor 
que não saiba dominar-se, 
desse, como vinho espumante, 
que parte o copo e se entorna, 
perdido num instante. 


Dá-me esse amor fresco e puro 
como a tua chuva, 
que abençoa a terra sequiosa, 
e enche as talhas do lar. 
Amor que penetre até ao centro da vida, 
e dali se estenda como seiva invisível, 
até aos ramos da árvore da existência, 
e faça nascer 
as flores e os frutos. 
Dá-me esse amor 
que conserva tranquilo o coração, 
na plenitude da paz! 



Rabindranath Tagore, in "O Coração da Primavera" 

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Fada da Transformação
Que  2017 nos proporcione o encontro connosco próprios e com o outro, num processo de transformação !


"Pelas mesmas estradas

Por onde eu caminho
Vão bailando fadas
Dizendo baixinho:

-«Se nos deres a mão
Se nos procurares
Abre-se o portão
P'ra tudo o que amares

Segredos da Terra
Irás escutar
Em Encantos d'Água
Irás mergulhar

E verás que as águas
serão libertadas
Desfazem-se as mágoas
Pelo ar espalhadas

Leveza do Ar
Apelos das Plantas
Fadas a chamar
E sem querer já cantas

Pois no ar há luz
E na luz calor
Feitiços de Fogo
E fogo de amor ...

E no fogo há morte
Está perdido o norte
Há distância e frio

Cristalização ...

Mas Algo mais forte,
Quase como um corte,
Que sempre existiu

É Transformação ...

Então devagar,
Talvez possas ver
Anjos a chegar
Anjos a poisar
Na Terra a viver»

A tudo isto as fadas
Te vão conduzir
Se p'lo seu caminho
Tu quiseres seguir." 

Luísa Barreto in "Pelo caminho das fadas"

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Anjo do Natal

Meu Anjo me sorriu nesta leveza
das folhas flutuando pelo ar.
E foi assim
que enfim
tive a certeza
que no silêncio se liberta a alma presa
um pouco já cansada de lutar

Meu Anjo me falou devagarinho
no silêncio da tarde tão dourada.
E era longa
a sombra
no caminho.
E tão quieta a luz,
tão habitada.

In, Pelo Caminho das Fadas - Mª Luísa Barreto, Centro Lusitano de Unificação Cultural
Elfo Poeta 2



Na gruta que achei

Vi Elfos passando
ao fundo da gruta
Nem sei desde quando
é que estava à escuta

Vi os Elfos verdes!
Vi o meu desejo…
Vultos nas paredes
seguindo em cortejo.
               Mª Luísa Barreto

Panaceia - a Fada da Cura

Panaceia é, na mitologia grega, a deusa da Cura. 
Esta fada voou este Natal até junto de alguém que tem por missão curar...

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Gancho Estrela Arco-íris

Fada Pós Mágicos 2
 Esta fada voou com alguém especial para África.
Com ela levou uma mensagem:

"Tudo o que possas ou sonhas fazer, começa. A audácia contém génio, poder e magia."
                                            Goethe

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Esquilo
"E caem as folhas
em cores ferro e fogo
Sementes são vida guardando o vigor
E há labaredas subindo e descendo
E há salamandras do fogo vivendo
e na luz de Deus se muda o calor...
Outono
é um sono,
é morte um momento
Outono é a vida virada p'ra dentro
chegando a uma forma mais alta de Amor."
                                            Luísa Barreto

quarta-feira, 27 de abril de 2016

Fada Bailarina
Leve e graciosa, esta fada foi inspirada na minha doce Estrelinha, que ama a dança e o movimento...

terça-feira, 26 de abril de 2016

Fada Sofia
Hoje uma nova Fada Sofia voou num jardim em flor...
Fada Mãe 2
Fada Mãe, a beleza da maternidade! Esta Fada Mãe voou para longe, foi dar as boas vindas a um novo ser que chegou à Mãe Terra.
Junto levou poesia:
AS FADAS

As fadas… eu creio nelas!
Umas são moças e belas,
Outras, velhas de pasmar…
Umas vivem nos rochedos,
Outras, pelos arvoredos,
Outras, à beira do mar…

Algumas em fonte fria
Escondem-se, enquanto é dia,
Saem só ao escurecer…
Outras, debaixo da terra,
Nas grutas verdes da serra,
É que se vão esconder…

O vestir… são tais riquezas,
Que rainhas, nem princesas
Nenhuma assim se vestiu!
Porque as riquezas das fadas
São sabidas, celebradas
Por toda a gente que as viu…

Quando a noite é clara e amena
E a lua vai mais serena,
Qualquer as pode espreitar,
Fazendo rodas, ocupadas
Em dobar suas meadas
De ouro e de prata, ao luar.

O luar é os seus amores!
Sentadinhas entre as flores
Horas se ficam sem fim,
Cantando suas cantigas,
Fiando suas estrigas,
Em roca de oiro e marfim.
(…)
Umas têm mando nos ares;
Outras, na terra, nos mares;
E todas trazem na mão
Aquela vara famosa,
A vara maravilhosa,
A varinha de condão.
(…)
Oh, se esta noite sonhando,
Alguma fada, engraçando
Comigo (podia ser!)
Me tocasse da varinha,
E  fosse minha madrinha
Mesmo a dormir, sem a ver…

E que amanhã acordasse
E me achasse… eu sei? Me achasse
Feito um principe, um emir!…
Até já, imaginando,
Se estão meus olhos fechando…
Deixa-me já, já dormir!

          Antero de Quental

domingo, 3 de abril de 2016

Fada Sofia
A fada Sofia aparece sempre que alguma criança chama por ela, só agora a encontrei no meu jardim, foi a Sónia Andrade ( uma amiga) que me segredou ao ouvido como a chamar...Obrigada Sónia!
E, assim, ela voou para junto de uma linda Vitória!


“Ao meu lado tenho a fadinha Sofia 
Que me protege noite e dia
Posso tudo lhe falar
Pedir para os fantasmas me levar
Ela é invisível, não lhe posso tocar
Mas posso senti-la no coração a dançar”
Sónia Andrade




domingo, 20 de março de 2016

"Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira."

[Goethe]


A Primavera está a chegar, tudo está cheio de Vida! Os cheiros são intensos, as melodias de louvor à Mãe Terra são inspiradoras e a paisagem recomeça a ganhar côr…


No meu jardim muitas fadas, elfos,.. andam em alegres voos e felizes por voarem para outros jardins, onde levarão a beleza e poesia!

Fada das Rosas

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Fada do Vento



"Leve, um ventinho…

Leve, um ventinho
vem a chegar
Abre o caminho
às fadas do ar
que manhã cedo
vêm a rir
e o arvoredo
já está a luzir"
               Mª Luísa Barreto